sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

O sumiço das palavras

Não é de hoje que vemos um constante desaparecimento das palavras, bem como o seu encurtamento.Mas algo que se torna bem intrigante para quem é leitor assíduo de blogs é o espaço reservado aos comentários:
Há aqueles que brigam para serem os first (s). Depois do tão esplendoroso comentário (first), vem um desejando que o orgão genital masculino penetre o orifício anal do first-lógico que numa linguagem vulgar.Daí por diante, não tem nada de importante, nada que favoreça a auto estima de quem se dignou a compartilhar algo com o público, que sirva de incentivo ou que contribua com aquilo que foi dito.
É bom lembrar que há as exceções(não vamos generalizar).
Mas a revolta aqui é por comentários inúteis, que não fazem a mínima diferença.Podemos perceber ao longo dos comentários, que alguns usam o espaço como ringue verbal e ficam se degladiando com réplicas e tréplicas.
Ora!É para comentar aquilo que foi publicado.
Descendo a lista encontramos rsrsrsrssrsrs,huhuahuaahuaha, opspsksapspsksjh, hihihihi,hehehehehe,hahahahahha, \o/, :P, kkkkkkkkkkkkkkk, nosss!um eae?, afff!, bang bang, tic tac...E assim por diante.
Seriam onomatopeias tomando conta da Língua Portuguesa?E a beleza das palavras? E o processo de formação de toda uma língua?
Alguns blogueiros dizem que a culpa é da "maldita inclusão digital".Na verdade, o que não está acontecendo é bom aproveitamento da tecnologia e assim, temos que nos contentar com as simples onomatopeias( se é que assim podemos chamá-las) e assitir ao sumiço das palvras, calando-nos, lendo menos e consequentemente, limitando-nos a não reagir , nem escrev
er.

2 comentários:

  1. Nossa, só por esse seu primeiro post q vi já adorei o blog... Parabéns!!!

    ResponderExcluir